O réu foi condenado a seis anos de prisão por tentativa de homicídio qualificado por feminicídio e motivo torpe

Mais um caso de violência contra mulher resultou em condenação na Comarca de Chapecó. Em sessão realizada na quinta-feira (23/6), o Tribunal do Júri atendeu ao pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e condenou o homem que tentou matar a ex-companheira com golpes de tesoura. Os jurados entenderam que ele praticou tentativa de homicídio qualificado por feminicídio e motivo torpe, e o condenaram a seis anos de prisão, em regime semiaberto.

De acordo com a denúncia, em outubro de 2021, o réu foi até a casa da vítima, no bairro Parque das Palmeiras, para tentar reatar o relacionamento. Diante da negativa, ele a agarrou pelo pescoço e a imobilizou. Na sequência, a deitou de bruços no chão e a golpeou com uma tesoura. Ele desferiu ao menos seis golpes e fugiu.

O condenado foi encontrado por policiais militares algumas horas após o ataque caminhando pela rodovia que dá acesso ao Estado do Rio Grande do Sul, momento em que foi conduzido para Delegacia de Polícia.

A vítima sobreviveu somente porque fingiu ter desmaiado. Quando percebeu que o réu tinha ido embora, ela correu para rua e gritou por socorro, momento em que recebeu ajuda dos vizinhos.

Na sessão, atuaram pelo MPSC os Promotores de Justiça Joaquim Torquato Luiz e Marcos José Ferreira da Cruz.

Da sentença cabe recurso, mas ao réu foi negado o direito de recorrer em liberdade, pois já se encontrava em prisão preventiva.

Fonte: MPSC