O grupo é o mesmo que administra o Indaiá Restaurante; O local deve iniciar o funcionamento até 2 de setembro de 2022

O Restaurante Frohsinn, que já foi um dos principais pontos turísticos de Blumenau, será concedido à iniciativa privada. Nesta quarta-feira (7) foram abertos os envelopes com propostas de preço para a concessão do espaço, que está localizado no Morro do Aipim.

De acordo com o edital, a estrutura poderá ser explorada por 25 anos. A única empresa que apresentou proposta foi a Ind Serviços para Eventos, de Itapema, que propôs pagar um aluguel de R$10,2 mil à prefeitura. O grupo é o mesmo que administra o Indaiá Restaurante.

Atualmente o Froshinn tem uma área de aproximadamente 848 m². No entanto, a empresa será autorizada a ampliar a estrutura para até 5,2 mil m². O restaurante deve iniciar o funcionamento até 2 de setembro de 2022.

Segundo o município, a proposta da empresa ainda precisa ser habilitada para ser homologada vencedora do processo.

Estrutura pegou fogo em 2014

Froshinn pegou fogo em 2014, segundo a Polícia Civil incêndio foi criminosos – Foto: Reprodução / NDTV Blumenau

No dia 20 de agosto de 2014 um incêndio de grandes proporções destruiu 50% da estrutura do Froshinn. Segundo a Polícia Civil, o incêndio foi criminoso. Pouco tempo depois o município anunciou a intenção de conceder o espaço a iniciativa privada.

Por ND+