Na quinta-feira (23), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Itaiópolis, apreendeu um carro, uma moto e outros pertences suspeitos de terem sido ilegalmente apropriados por uma mulher que era paga para cuidar de uma senhora.

A investigação iniciou após denúncia de que ela estaria tendo seus bens transferidos para a suposta “cuidadora”. A Polícia Civil constatou que a mulher, que teria sido contratada inicialmente como cuidadora, teria se apossado dos cartões bancários da vítima e passado a se apropriar também de sua pensão mensal.

A mulher suspeita teria realizado vários saques em uma conta poupança da vítima, tendo gastado a princípio cerca R$ 80 mil em seu benefício sem autorização. A suspeita teria adquirido inclusive uma motocicleta nova com o dinheiro da vítima, realizando o pagamento por meio de transferência bancária direta da conta da vítima para a conta de uma concessionária de motos.

Além disso, a investigada transferiu fraudulentamente para seu nome o automóvel da vítima. Isso ficou demonstrado por meio de extratos bancários e outros documentos. A mulher suspeita, que havia passado a residir na casa da vítima com seu marido, também estava na posse das escrituras do imóvel.

Além da apreensão dos bens e documentos da vítima que estavam com a investigada, o Poder Judiciário determinou também o afastamento do casal da casa da vítima e que eles não se aproximem ou mantenham contato com a vítima. O inquérito que investiga o caso segue na Delegacia de Polícia de Itaiópolis para a elucidação dos fatos.