Agora, aguarda-se que o presidente sancione o projeto de lei que liberou mais R$ 12 bilhões ao Pronampe, o que precisa acontecer ainda nesta quarta-feira

O governo federal prorrogou por três meses o prazo para formalização de operações de crédito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), como já era previsto. O programa foi criado para auxiliar empresas durante a pandemia do novo coronavírus e o prazo para prorrogação venceria nesta quarta-feira (19/8).

A portaria foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). Agora, aguarda-se que o presidente Jair Bolsonaro sancione o projeto de lei que liberou mais R$ 12 bilhões para o programa. A expectativa é que seja sancionado nesta quarta-feira (19/8), data em que vence o prazo do projeto. A previsão era que o recurso já fosse liberado no início da semana.

O Pronampe já liberou R$ 15,9 para os empréstimos a micro e pequenas empresas, mas a procura foi grande. Assim, o governo federal e o Congresso definiram um repasse de R$ 12 bilhões do programa de financiamento da folha para o programa de socorro às empresas. O projeto foi aprovado no final de junho na Câmara dos Deputados.