A fortuna de Musk cresceu US$ 57,2 bilhões neste ano, o segundo maior aumento no índice de bilionários da Bloomberg depois do fundador da Amazon, Jeff Bezos

Elon Musk, CEO da Tesla, é agora a quarta pessoa mais rica do mundo depois que as ações da montadora dispararam 11% na última segunda-feira (17), fechando em um recorde histórico e aumentando o patrimônio líquido de Musk em aproximadamente US$ 8 bilhões. Como Musk detém 20,8% das ações da Tesla, a valorização do papel na bolsa americana fez sua riqueza aumentar ainda mais.

A fortuna de US$ 84,8 bilhões de Elon Musk o coloca a menos de US$ 15 bilhões de Mark Zuckerberg, o terceiro colocado no ranking das 500 pessoas mais ricas do mundo.

Alimentada por rumores e pela crescente expectativa de que a montadora será incluída no índice S&P 500, as ações da Tesla já valorizaram cerca de 339% este ano.

A SpaceX, também comandada por Musk, é uma aposta de ouro para potencialmente aumentar sua fortuna. A empresa está perto de finalizar US$ 2 bilhões em novos financiamentos que aumentariam sua avaliação patrimonial para US$ 46 bilhões, informou a Bloomberg na semana passada.

A fortuna de Musk cresceu US$ 57,2 bilhões este ano, o segundo maior aumento no índice depois do fundador da Amazon, Jeff Bezos, primeiro colocado da lista de bilionários da Bloomberg.

O CEO da Tesla ultrapassou grandes bilionários da lista. Além do megainvestidor Warren Buffett, nomes como Sergey Brin, presidente da Alphabet e cofundador do Google, e Mukesh Ambani, o indiano CEO da Reliance Industries Limited e homem mais rico do continente asiático foram deixados para trás pelo patrimônio de Musk.

Musk, porém, tem um longo trajeto à frente se quiser subir mais posições na lista. O top 3 dos bilionários continua inalterado, com Jeff Bezos, CEO da Amazon, liderando com uma fortuna aproximada de US$ 188 bilhões, seguido por Bill Gates, cofundador da Microsoft, que possui um patrimônio de US$ 121 bilhões.

A terceira posição fica com o fundador do Facebook e bilionário mais jovem da lista, Mark Zuckerberg, que possui uma fortuna de aproximadamente US$ 99 bilhões.